• Comunicadores Associados

Qual é a sua tendência??

Se num ano normal entre Dezembro e Janeiro (principalmente, mas não só) começamos sempre a ter conhecimento de inúmeros documentos e informações de potenciais tendências (umas mais credíveis que outras), este ano de 2021 está a ser pródigo e extremamente complexo de analisar nesta perspectiva e conjuntura.


O que poderá vir a ser uma tendência e o que não vale a pena considerar, sendo mesmo pura especulação?


Várias áreas servem de exemplo para esta área:

  • seja no Marketing (área que este ano viu assumir um papel de uma relevância ainda mais intensa nas organizações com as alterações "forçadas" resultado da pandemia de Covid-19);

  • ao design (com as suas habituais "trends" em termos de cores e estilo, como é o caso da Pantone e a "cor do ano");

  • às tendências sectoriais, ou uma das que mais tem dado que falar: as actividades relacionadas com o digital e o desenvolvimento de soluções para empresas e os seus clientes confinados.

Igualmente relevante são as tendências em termos de comportamento, seja dos clientes B2C ou B2B, ou seja, consumidores finais ou empresariais.


Todos os temas importantes para quem fazer avançar empresas e negócios, e estar perto dos seus clientes e consumidores, mas nem todas as fontes possuem a confiança para que sirvam de sustentação ou de indicador e orientação para desenvolver este trabalho.

No entanto, é matéria sobre a qual, nesta altura, e de modo a que as soluções para os nossos clientes mantenham a relevância e a competitividade à altura de um mercado complexo, nos obriga a dedicar algumas horas de estudo.


Neste tipo publicação podemos referir, como exemplo, as soluções que a Deloitte identificou enquanto Tendências Globais de Marketing para desenvolver nas empresas/marcas/organizações sob a liderança da área do marketing.

Assim, como áreas/actividades a incentivar e estimular, a Deloitte indica sete tendências que poderão ajudar na definição das estratégias das empresas e permitir que fiquem mais próximas dos seus públicos para que estes estejam mais próximos das suas soluções e propostas.


As tendências que foram identificadas são:

  1. Propósito

  2. Agilidade

  3. Experiência

  4. Confiança

  5. Participação

  6. Fusão

  7. Talento

Seja para o desenvolvimento do programa de marketing numa perspetiva interna ou externa, a consciência das variáveis que cada vez mais um consumidor Covid-19 valoriza (sim porque houve um consumidor pré-covid e agora há um consumidor Covid-19. Veremos qual a evolução para o consumidor pós-covid) é relevante criar a consciência de que o consumidor e os diversos públicos valorizam na empresa, e que cada vez são mais relevantes para a sua fidelização e retenção.


Assim como a empresa tem de estar mais próxima e seguir atentamente o que o consumidor procura e considera relevante nas suas opções sobre as empresas.

E esta é uma consciência que todos os responsáveis das organizações têm de ganhar de modo a conseguirem responder e a manter os seus clientes na sua esfera de interesses e de preferências.

Só assim as empresas, no futuro próximo, serão competitivas e relevantes num mundo cada vez mais bidirecional.


Comente e dê-nos um "insight" sobre o que é relevante para a sua empresa, sector ou consumidor.


Qual a tendência na sua indústria?

O que é mais relevante para o seu cliente?

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey YouTube Icon

2013-2021
Comunicadores & Associados

®

Com/Assoc

Comunicação Empresarial e Branding

Centro Empresarial Lionesa

geral@comunicadoreseassociados.pt

+ 351 929 075 128