google-site-verification=aBKq9w_3N0XA4_HVszxbG2XoZSXV8tnvg1ggROlmDVE G-1ND47R3WN7 AW-610993973 G-0CWCQXJYR1
top of page

Criatividade para o novo 2024!

A tendência da comunicação e da criatividade para 2024 é uma das mais fascinantes e desafiadoras áreas do marketing.


Revista aberta a convidar a leitura

Neste artigo, vamos explorar alguns dos principais aspectos que vão marcar o futuro da comunicação das marcas, dos produtos e dos serviços, com base em exemplos inspiradores que já estão a acontecer no mercado.


Uma das características mais marcantes da comunicação e da criatividade para 2024 é a sua orientação para o consumidor.

As marcas deixam de se focar nas suas próprias questões, como o posicionamento, a diferenciação ou a notoriedade, e passam a centrar-se nas necessidades, nos desejos e nas emoções dos seus públicos.

A comunicação torna-se mais personalizada, mais relevante e mais envolvente, criando experiências únicas e memoráveis para cada consumidor.


Rapariga a ouvir música

Um exemplo desta tendência é o caso da Spotify, que lançou uma campanha global chamada "Wrapped", que mostra aos utilizadores os seus hábitos de consumo de música ao longo do ano, com dados curiosos, playlists personalizadas e recomendações baseadas nos seus gostos.


A campanha foi um sucesso, gerando milhões de partilhas nas redes sociais e aumentando a fidelização dos clientes.


Outro exemplo desta tendência é o caso da Nike, que lançou uma plataforma online chamada "Nike By You", que permite aos clientes personalizarem os seus próprios ténis, escolhendo as cores, os materiais e os detalhes.

A plataforma foi um êxito, gerando milhões de visitas e de encomendas.


Outra característica da comunicação e da criatividade para 2024 é a sua diversidade de meios e de formatos.

As marcas deixam de se limitar aos canais tradicionais, como a televisão, a rádio ou a imprensa, e exploram novas possibilidades de interação com os consumidores, como as redes sociais, os podcasts, os jogos, os chatbots ou a realidade aumentada.


Rapariga com óculos de realidade virtual

A comunicação torna-se mais dinâmica, mais interativa e mais imersiva, criando narrativas que envolvem os consumidores em diferentes níveis.


Um exemplo desta tendência é o caso da Netflix, que lançou um filme interativo chamado "Bandersnatch", que permite aos espectadores escolherem o rumo da história, com múltiplos finais possíveis.

O filme foi um fenómeno, gerando milhões de visualizações e de comentários nas redes sociais e desafiando os limites entre o cinema e o jogo.


Outro exemplo desta tendência é o caso da Lego, que lançou uma aplicação chamada "Lego AR Playgrounds", que permite aos utilizadores brincarem com as suas peças de Lego em realidade aumentada, interagindo com personagens e cenários virtuais.

A aplicação foi um sucesso, gerando milhões de downloads e de horas de diversão.


Finalmente, outra característica da comunicação e da criatividade para 2024 é o seu tom de voz.

As marcas deixam de se levar tão a sério, e adotam um tom mais leve, mais divertido e mais humano na sua comunicação. A comunicação torna-se mais humorística, mais irónica e mais surpreendente, criando empatia com os consumidores e diferenciando-se da concorrência.


Avô e neto a comer um hamburguer

Um exemplo desta tendência é o caso da Burger King, que lançou uma campanha chamada "Whopper Detour", que oferecia um Whopper por um cêntimo aos clientes que fizessem o pedido através da aplicação do McDonald's. A campanha foi um êxito, gerando milhões de downloads da aplicação e de vendas do produto.


Outro exemplo desta tendência é o caso da Ikea, que lançou uma campanha chamada "Ikea Real Life", que recriava as salas de estar das séries mais famosas da televisão, como "Friends", "The Simpsons" ou "Stranger Things", usando apenas móveis e objetos da marca sueca.

A campanha foi um sucesso, gerando milhões de visualizações e de reações nas redes sociais.


Estes são apenas alguns dos exemplos que ilustram a tendência da comunicação e da criatividade para 2024. Uma tendência que se baseia na inovação, na personalização e no humor para criar comunicações que cativam os consumidores e que geram valor para as marcas.

Uma tendência que desafia os profissionais do marketing a serem mais criativos, mais estratégicos e mais ousados na sua forma de comunicar.



Algumas das tendências que se destacam são:

  • A comunicação cada vez mais personalizada e adaptada aos interesses, preferências e comportamentos dos consumidores, usando dados, inteligência artificial e criatividade para criar experiências relevantes e envolventes.

  • A criatividade que transcende os meios tradicionais e explora novas formas de expressão, como o áudio, o vídeo, a realidade aumentada, a realidade virtual, os jogos, os podcasts, os memes, os stickers e outros formatos que captam a atenção e a emoção do público.

  • A comunicação que se baseia em valores, propósitos e causas sociais, ambientais e culturais, que geram confiança, empatia e conexão entre as marcas e os consumidores, e que contribuem para um mundo melhor.

  • A comunicação que é leve, divertida, humorística e otimista, que traz alegria, esperança e inspiração para as pessoas, especialmente em tempos de incerteza, crise e mudança.

  • A comunicação que é colaborativa, participativa e co-criativa, que envolve os consumidores na criação de conteúdos, ideias e soluções para as marcas, que estimula a interação, o diálogo e a cocriação de valor.


Estas podem ser algumas das tendências que vão marcar a comunicação e a criatividade em 2024.


As empresas que quiserem se destacar no mercado devem procurar agências e especialistas que saibam acompanhar estas mudanças e oferecer soluções inovadoras, eficazes e diferenciadoras para as suas marcas.


E vocês, o que acham destas tendências? Comentem abaixo!

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page